Tributo ao mestre do jazz elegante

 

 

 

Uma eleição sobre o compositor popular mais sofisticado do mundo dificilmente não teria o americano Cole Porter (1891-1964) no topo da lista. Autor de mais 800 canções, o rico, elegante e festeiro Porter emplacou perto de uma centena no conjunto das músicas imortais.

Cerca de 15 delas estarão no repertório de “Tributo a Cole Porter”, que será apresentado pelo Sandra Avila Jazz Quartet no Guairinha nesta sexta-feira (20), às 21 horas.

No palco, a cantora de jazz curitibana estará ao lado dos músicos Alex Corrêa (piano), Thiago Duarte (contrabaixo) e Luiz Gustavo (bateria) executando músicas como “Night and Day” e “Easy to Love”.

Sandra explica que se interessou pela obra de Porter quando estudava interpretação em musical.

“Eu amo o jazz. Depois de flertar um pouco mais de perto com a MPB eu volto para o terreno com um dos grandes compositores do gênero para homenagear”, disse Sandra.

A direção musical do pianista Alex Corrêa tenta tornar modernas as composições – em grande parte feitas nos anos 1920 e 1930 –, além de dar um leve sotaque do jazz brasileiro aos arranjos.“O show vai ter uma dinâmica mais agressiva, uma textura atual, respeitando a vocação das músicas”, diz Corrêa.

 

Publicidade

O show virou um projeto audiovisual dirigido pelo cineasta Beto Carminatti, que filmou os ensaios, vai registrar o show e produzir uma série de clipes com as canções interpretadas pelo quarteto.“A música de Cole Porter tem uma universalidade cosmopolita. O registro delas é marcado pela elegância”, diz Carminatti.

Fonte: Gazeta do Povo

 

Deixe seu Comentário